Aeroporto de Orlando MCO

O que você precisa saber sobre o Aeroporto de Orlando

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×

Você tem medo de se perder no Aeroporto? Pois saiba que em Orlando isso é possível de acontecer, dado o tamanho da estrutura que conta inclusive com estações de trem!

Quando fui a primeira vez para Orlando fiquei surpresa com a quantidade de opções comerciais, restaurantes e o tamanho da estrutura do MCO.

Devido a quantidade de pessoas que visitam a cidade atrás de diversão nas dezenas de parques temáticos e aquáticos da região e com foco em compras,o Aeroporto Internacional de Orlando recebe anualmente mais de 35 milhões de pessoas. Este fluxo de passageiros exige uma estrutura muito grande para acomodar pessoas e aeronaves que chegam e partem a cada estante tentando confundir o menos possível, em especial quem está fazendo a primeira viagem.

Um das coisas que sempre foi confusa foi o checkin de locação de veículos no Aeroporto. Por um tempo as locadoras eram espalhadas ao redor do MCO, bem como suas frotas, dificultando o acesso do turista que precisam não apenas procurar a região de locação de carros em Orlando, mas também onde estava a locadora em específico que tinha feito sua reserva, por exemplo, gerando perca de tempo e stress.

Como o aeroporto é realmente muito grande e, para facilitar o trânsito de turistas foi construído um trem que nos conecta entre saguão e as proximidades dos Gates (portões de embarque e desembarque). Assim, o trajeto dos passageiros ficou mais ágil, deixando o passageiro o menor tempo possível dentro do Aeroporto, o que não causa excessos. Este trem te leva do portão de desembarque até às suas malas.

Entretanto, para quem não tem o costume pode parecer um pouco estanho e dar medo de se perder por lá. Mas se você lê um pouco de inglês poderá entender as placas de sinalização, caso contrário, pedir ajuda para algum passageiro do avião pode ser uma saída e, se ainda assim você não se sentir bem, com vergonha ou algo do tipo, siga o fluxo de pessoas, a probabilidade de todos estarem procurando a saída sentido aos guichês de Entrevista de Imigração e/ou (caso seu voo não seja direto e você já tenha passado pela Imigração em outro aeroporto) as esteiras de bagagens.

Além disso, depois da última reforma foi construído no primeiro andar de cada terminal do Aeroporto (A, ao norte e B ao sul) um pavimento destinado ás locadoras de carros. Assim é possível encontrar os balcões de checkin de cada uma delas todas no mesmo espaço, e o mais interessante: as frotas de todas elas também estão próximos aos balcões e o turista pode escolher o seu veículo reservado ou alugar carro em Orlando com muito mais facilidade, dentro do próprio Aeroporto, que é sinalizado para indicar onde encontrar locadoras de carros no Aeroporto de Orlando.

Bem, depois de conseguir sair do Aeroporto com suas bagagens e alugar o seu carro, suas férias estarão realmente começando! Se der fome, você pode aproveitar para tomar um café e comer em algum dos restaurantes do próprio Aeroporto.

Caso seja interessante para você, neste link tem o mapa oficial com instruções do Aeroporto de Orlando, (em inglês).

Então curta muito e leia os outros posts do “Guia para Orlando” para ficar por dentro de dicas e novidades!

See ya!

 

Designer gráfico, autora do Blog “Guia Para Orlando” e “Vou Pra California”, apaixonada por Orlando, Las Vegas e California, minha história com este universo começou logo após o término na universidade, quando decidi fazer meu intercâmbio na California! Queria conhecer a terra do cinema, estudar inglês, viajar para a Disney, mas de uma forma mais econômica do que os tradicionais intercâmbios. Foi aí que minha jornada começou, que me apaixonei por este tema e logo dei início ao meu primeiro Blog, o Vou Pra California, que hoje ajuda tantas pessoas a encontrarem suas trilhas com destino na California!

Em 2014, senti a necessidade de escrever, contar minhas experiência e minha paixão também por Orlando e então o Guia Para Orlando nasceu! Um Blog dedicado à contar dicas, novidades e dividir experiências com mais pessoas apaixonadas pela Flórida e pelos parques!

Comente!